Sunday, January 23, 2011

Inconsistências e Inconsciências

Já chega! Não posso mais esconder de mim mesma que tenho um problema: compulsão alimentar.

Tenho mesmo e tá na hora de parar de esconder e procurar ajuda antes que se torne algo mais grave. É ridiculo comer escondido com medo de alguma repressão, isso não passa de um sinal que estou comendo além da conta e de uma vez só. Até o ponto de passar mal.

É fato que estou desequilibrada, ansiosa e chorosa e sei lá mais o que. Não sei se só a terapia está sendo o suficiente. Vou procurar alguma coisa, talvez acupuntura, talvez homeopatia. Alguma coisa tem que me ajudar a ficar estável novamente.

Eu gosto muito de cozinhar e busco sempre receitas saudáveis. Passo horas desenvolvendo coisas legais com soja, pesquisando alimentos orgânicos e depois de alguma refeição saudável, abro a geladeira e detono o macarrão frio, ou o chocolate derretido, ou alguma coisa que dê pra encher de ketchup.

Eu adoro por a culpa em terceiros pelas minhas transgressões, mas tá na hora de admitir que a culpa é minha: se tem uma torta na mesa eu tenho a escolha de não comê-la, a culpa não é de quem fez a torta, mas minha por não ter sido forte o suficiente pra não chegar perto.

Descobri em uma das inúmeras sessões de psicoterapia que tenho essa vontade absurda de estar no controle de tudo, o tempo todo, como uma maneira de fugir de alguns traumas de infância como sensações de abandono, ofuscamento e de perda. É engraçado ter consciência dessas causas, mas ainda sim sofrer com algumas consequências.

No momento eu só queria deitar na minha cama e ficar alguns dias olhando para o teto. Quero silêncio. Quero parar e pensar. Quero me recompor.

No comments: